Se for para falar da vida de alguém, que falemos sobre a vida de Jesus

Muitos tratam como o mal do século, outros tratam como falta de louça pra lavar, mas todos querem dizer a mesma coisa: fofoca. Com a expansão das redes sociais, esse problema tem se tornado evidente e tem nos distanciado da imagem e semelhança de Deus. Mas muitos acham que isso é natural do ser humano e que todos estamos sujeitos a fofocar, mas nós, enquanto achados por Cristo e transformados por Sua Palavra, devemos sempre estar vigiando para que isso não se torne algo comum. Como a Bíblia diz “não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento“.

No sentido literal da palavra, fofoca significa “dito maldito; dito mentiroso”, o que já transgride uma lei de Deus “não mentirás”. Paulo, na sua carta Aos Romanos, coloca os murmurados e detratores no mesmo nível daqueles que cometem homicídio e que Deus está derramando a sua ira sobre aqueles que rejeitam as Suas leis. Nos acostumamos tanto a repreender os ditos “pecados grandes”: não beber, não fumar, não matar; e acabamos esquecendo que pra Deus não existe pecado maior ou menor. E é incrível como há uma dedicação em saber sobre a vida alheia, muito se dispõe para falar sobre outras pessoas, fazer comentários, ao invés de gastar todo esse tempo para buscar mais de Deus, para buscar estar cada vez mais em santidade. E quanto mais tempo se gasta atualizando os últimos acontecimentos da igreja, mais o inimigo ganha terreno e vai, assim, destruindo aos poucos tudo aquilo que um dia o Senhor sonhou pra gente.

E muitas das vezes achamos que se aconteceu de verdade não tem nenhum problema em comentar sobre aquilo. Mas em algum momento você já viu um comentário, uma opinião mudar ou solucionar o problema? Com certeza não. Isso não ajuda em nada. Se tal pessoa fez alguma coisa ou caiu em pecado, nosso dever como filhos de Deus é orar por essa pessoa e conduzi-la de volta aos caminhos do Senhor. Mas não! Antes de orar a gente liga para o amigo pra comunicar né: “eita, tá sabendo?“. Antes da gente reunir um grupo de oração, nós reunimos o grupo do whatsapp pra atualizar as fofocas né. Temos que entender que somos chamados para pregar o Evangelho, falar sobre o amor de Jesus, não para falar da vida alheia. Se você dá ouvidos a uma fofoca, você está dando combustível para o inimigo. Quantas vezes vemos pessoas se desviando dos caminhos do Senhor porque um certo grupinho se reuniu para levantar falso testemunho delas. E a Bíblia é muito clara quando diz lá em Levítico 19:16 que não devemos andar como mexeriqueiro, não pondo contra o sangue do nosso próximo.

Fofoca e difamação são instrumentos do diabo, ele sabe muito bem que se conseguir nos dividir e fazer com que lutemos entre nós mesmos, estaremos muito ocupados para lutar contra ele. Então, como cristãos que as nossas palavras estejam de acordo com os pensamentos de Deus. Devemos pedir a Ele que nos dê sabedoria para sermos tardios ao falar. Que da nossa boca não saia nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação. E que, como diz o título, se formos falar da vida de alguém, que falemos sobre a vida de Jesus, sobre as Suas obras, sobre o Seu sacrifício e o Seu amor.

Então é isso pessoal, fiquem na paz de Deus!

xoxo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s