A Rainha da Fofoca, Meg Cabot

Eu sinceramente espero que enquanto as aulas não voltam eu consiga manter um ritmo legal de postagens. Porque na real mesmo eu adoro escrever e quando não o faço sinto um vazio… mas sei lá, deve ser só fome mesmo haha

Então hoje eu quero escrever sobre um livro que me tirou o folêgo e enquanto eu não acabei com ele, eu não sosseguei. Foram pelo menos umas vinte horas lendo, parando só pra comer. Me prendeu de um jeito que eu nem sei. Meg Cabot fez um trabalho tão incrivel nesse livro, que ela tem o dom da escrita ninguém pode negar né. A Rainha da Fofoca foi um dos melhores livros que eu já li na vida (e eu já li muito livro), com ritmo frenético, diálogos bem construídos, em nenhum momento (pelo menos não que eu tenha visto ou que eu me lembre agora) teve baixa na história.

IMG_20170113_121829_544.jpg

A história é a seguinte: Lizzie Nichols tem um problema, ela simplesmente não consegue fechar a boca, tem a língua solta, e sempre fala mais do que devia. Mas mesmo assim ela acha que tudo vai dar certo assim que pegar o diploma da faculdade, então ela irá pra Londres e curtirá as férias com um namorado britânico que ela conhece há três meses. Só que é claro que as coisas não saem como planejadas, ela tem que fazer uma monografia pra poder se formar e é só pisar em solo britânico pra perceber que o namorado não é tudo aquilo que ela achava que fosse. E então ela está presa num país estranho com uma passagem que nem dá pra ser trocada.

Só que ainda bem que ela tem uma melhor amiga que é melhor coisa que ela poderia ter: Shari. Que está no sul da França ajudando o namorado Chaz na organização de casamentos num castelo do século XVII e Lizzie não hesita em embarcar num trem para o lindíssimo Château Mirac, que é de um amigo de Chaz, que (sem or) é um gato. Mas é claro que com a habilidade incrível da Lizzie de não saber fechar a boca ela quase põe tudo a perder, mais uma vez.

Pra falar bem a verdade, eu sofri no começo do livro, não pensei em largar, mas nossa, como a Lizzie é tonga no começo do livro. O Andrew, namorado britânico, é aquele tipo que todo mundo sabe que é canalha menos a Lizzie, tive vontade de dar uns saculejo nessa guria diversas vezes. Mas ainda bem, AINDA BEM, que depois dessa primeira parte a recompensa vem. Assim que ela embarca pra França parece outra Lizzie, outro livro. Acho que porque a gente conhece o Luke. É daqueles garotos que não existem, sabe? Que queremos pra gente e suspiramos, mas sabemos que na vida real ele não existe e se existe tem a famigerada dona, que é a vilã da história e é apenas uma pessoa que tem uma visão distorcida da vida e do dinheiro e ela não se dá tão mal assim, ela tem o fim que procurou.

Tem tudo de clichê que um romance romântico pode ter, mas a gente acaba nem ligando porque a narrativa leve e bem humorada da Meg faz a gente mergulhar na história. E o fato do livro ter mais de 400 páginas não faz dele uma enrolação sem fim, a enrolação amorosa teve o tempo certo. Confesso que pelo título esperava mais fofoca, tipo Sonia Abrão mesmo haha.

É uma leitura diferente de tudo que já conhecemos da Meg, com os livros teen dela, esse é um chick-lit voltado para o público adulto, com o tipo de conteúdo desse público. E ainda é o primeiro de uma série de três livros: A Rainha da Fofoca em Nova York e a A Rainha da Fofoca Fisgada e eu tô doida pra ler os outros dois.

A fofoca é um charme! História não passa de fofoca. Mas o escandalo é fofoca transformada em algo tedioso pela moralidade.

                                                                                          – Oscar Wilde

xoxo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s